Quem somos

Sua honestidade por aqui
E a mesma coisa de expor a mesa,
O seu caráter a gentil e romano,
Todos de prontidão a servi!

O poeta que escreve tem como
Recompensa a eternidade solitária,
Diante de seus argumentos ignorados
Pela sociedade hipócrita.

Seres iluminados pela luz de um
Candieiro e isso que somos,
Apenas caçadores de palavras das
Quais nunca iremos viver

Um falso profeta assim por dizer,
Anti sociais de um mundo pagão!
Homens e mulheres esperançoso
Torcendo para o dia escurecer.

Viciados em necotinas e cafeinas,
Ignorantes carregando as verdades
Que apenas serve para os saciar.
Seres perdidos do qual deus
Descarta a tutela.

Anderson B.

direitosreservados

📸 Lee Jeffries

%d blogueiros gostam disto: